ENCICLOPEDIA DE FISICULTURISMO E MUSCULACAO PDF

Esta obra reune o vasto conhecimento que Arnold Schwarzenegger acumulou em seus mais de 35 anos de experiencia em fisiculturismo, sendo fonte de. 30 dez. No final do século XIX, surgiu um novo interesse pelo culturismo, não pelo músculo como meio de sobrevivência ou autodefesa mas como um. Enciclopédia de Fisiculturismo e Musculação – Ebook written by Arnold Schwarzenegger. Read this book using Google Play Books app on your PC, android.

Author: Kimuro Kegul
Country: Cambodia
Language: English (Spanish)
Genre: Music
Published (Last): 21 September 2014
Pages: 449
PDF File Size: 14.50 Mb
ePub File Size: 7.72 Mb
ISBN: 927-1-17351-766-8
Downloads: 78404
Price: Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader: Akizahn

Published on Dec Fisiculturksmo 4. No final do sculo XIX, surgiu um novo interesse pelo fisicultyrismono pelo msculo como meio de sobrevivncia ou autodefesa mas como um retorno do ideal musculacai, o desenvolvimento muscular como celebrao esttica do corpo humano. Essa foi a poca em que a tradio antiga de levantar pedras evoluiu para o desporto moderno de levantamento de peso. Na Europa, o levantamento de peso era uma forma de entretenimento da qual emergiram “homens fortes” profissio- nais – homens risiculturismo ganhavam a vida pela quantidade de peso que podiam levantar ou suster.

A sua aparncia fsica no era importante nem para eles nem para o seu pblico. O resultado era o desenvolvimen- to de corpos robustos e pesados. Por outro lado, os adeptos da cultura fsica enfatizavam a necessidade de comer alimentos naturais, no processados, ideia que surgiu em resposta ao uso crescente de novas tcnicas de processamento de alimentos.

Os americanos estavam a comear uma mudana de quintas e pequenas cidades para grandes metrpoles, em que o automvel propiciava uma nova mobilidade, mas a fisiculturisom do corpo humano.

Ao mesmo tempo, a vida ia-se tornando cada vez mais sedentria, e os problemas de sade apareceram quando a populao comeou a comer alimentos refinados em excesso e a no praticar exerccio fsico suficiente, sujeita a condies de stress constantes.

Os culturistas surgiram no combate a estes fenmenos cada vez mais actuais e nesta direco defendiam a sade em geral, no condicionamento fsico, defendendo a moderao e o equilbrio em todos os aspectos da vida.

O europeu bomio, alcolico e barrigudo certamente no era o seu ideal. O que eles precisavam era de um modelo cujo fsico incorporasse as ideias que estavam a tentar disseminar, algum que se parecesse muito mais com as esttuas clssicas dos atletas da Grcia Antiga do que com os seguranas avantajados das cervejarias Bvaras da EuropaEugene SandowEles encontraram esse modelo na pessoa de Eugen Sandow. Sandow ganhou a sua reputao na Europa como um homem forte profissional, desafiando com sucesso outros atletas e superando-os nas suas prprias proezas.

Mas o que realmente diferenciou Sandow dos seus concorrentes da poca foi a qualidade esttica do seu fsico. Sandow era muito bonito, sem dvida.

Era um exibicionista e adorava que as pessoas olhassem para o seu corpo, admirassem suas proezas de Strong Man. Costumava caminhar no interior de uma caixa de vidro e fazer poses, vestindo apenas uma folha de figo, enquanto a plateia o admirava fixamente. As mulheres exclamavam extasiadas diante da beleza e da simetria do seu desenvolvimento muscular.

Eugene SandowEsta celebrao das qualidades estticas do fsico masculino era algo muito inovador, j que durante a era vitoriana, os homens se cobriam com roupas muito fechadas, e muito poucos artistas usavam o n masculino como motivo para suas pinturas. Isso foi o que fez a atraco de Sandow to impressionante. Devido em grande parte sua popularidade, as vendas de barras e halteres dispararam.

Sandow ganhou milhes de dlares por semana e criou uma indstria inteira sua volta com a venda de livros e revistas. Eram feitas competies em que as medidas fsicas dos competidores eram comparadas, e Sandow premiava os vencedores com uma esttueta dele prprio banhada a ouro.

Mas, no final das contas, ele foi vitima da sua prpria fama de macho. Consta que um dia o seu carro saiu da estrada e ele se sentiu obrigado a demonstrar a sua fora puxando-o apenas com uma mo para fora de uma vala.

A consequncia, para o homem que o Rei Jorge de Inglaterra nomeou como “Professor de Cultura Fsica Cientfica para sua Majestade” foi uma hemorragia cerebral que lhe causou a morte. Por volta do mesmo perodo, George Hackenschmidt conquisou o ttulo de “Leo Russo” pela sua performance quando venceu o campeonato russo de levantamento de peso embem como em vrios campeonatos mundiais de luta. Foi aps imigrar para a Gr-Bretanha que fez fortuna. Era tambm um orador fluente e um escritor prolfico que produzia livros filosficos como The Origins of Life, debateu com intelectuais da pocacomo George Bernard Shaw e desafiou mesmo Albert Einstein para uma troca de ideias.

Herman GoernerMacfaddenUma das pessoas para quem a actividade da cultura fsica se tornou uma religio foi o editor Bernarr Macfadden, um homem que poderia servir como prottipo do maior fantico por sade de todos os tempos.

  HARN RPG PDF

Para promover a ideia de que a fraqueza fsica era realmente imoral, ele fundou a revista Physical Culture. Depois, continuou a publicar o New York Evening Graphic, um jornal voltado para um pblico mais inculto e simples. Macfadden era um promotor hbil e, comeando emapresentou uma srie de competies no Madison Square Garden em Nova York para escolher o “Homem Mais Perfeitamente Desenvolvido do Mundo”.

Nessa primeira competio, ele ofereceu um prmio de mil dlares – uma pequena fortuna naquela poca – junto com o ttulo. Tanto as competies como a revista foram bem sucedidas durante dcadas. E Macfadden praticava o que pregava, caminhando descalo todas as manhas da sua casa na Riverside Drive em Nova York at seu escritrio no centro da cidade at o centro da cidade aparecendo com o peito desnudo na sua prpria revista. Era um exemplo de sade e aptido fsica at perto dos seus setenta anos.

Em baixo Mcfadden aos 65 anos, e algumas capas do seu imprio de jornais e revistasCharles AtlasMacfadden provavelmente no teria aprovado o fisiculturismo moderno, com sua nfase no desenvolvimento visual do corpo em detrimento da habilidade atltica.

Contudo, ele e outros culturistas desempenharam um importante papel na evoluo do culturismo. As suas competies ajudaram a promover o interesse em saber como era a morfologia do corpo e no mostrar simplesmente a fora dos msculos. Foi numa destas competies que emergiu uma nova estrela, que se tornou num dos homens mais famosos da Amrica durante dcadas. O vencedor do campeonato de Macfadden de foi Angelo Siciliano.

Para tirar proveito de sua fama ascendente, esse homem magnificamente desenvolvido mudou o seu nome para Charles Atlas e adquiriu os direitos de um curso de aptido fsica por correspondncia denominado tenso dinmica. Por mais de 50 anos, geraes cresceram a ver os anncios desse curso em revistas e revistas de banda desenhada numa das campanhas publicitrias de maior sucesso nos EUA e a comprar o seu curso por correspondncia ainda hoje na internet com mais de 75 anos de existncia.

A Transio para o CulturismoPor volta dos anos 20 e 30, tornou-se evidente que a sade e o desenvolvimento do fsico estavam estreitamente relacionados, e que o treino com pesos era a melhor maneira de produzir o grau mais alto de desenvolvimento muscular no menor perodo de tempo possvel.

Apesar dos seus anncios, at mesmo Charles Atlas utilizou os pesos em detrimento da tenso dinmica de isometria para produzir seu extraordinrio corpo. O conhecimento sobre treino era limitado, mas os culturistas daquela poca estavam a aprender bastante, simplesmente comparando os seus fsicos com os das estrelas da gerao anterior.

Por exemplo, um dos homens mais fortes e famosos da virada do sculo foi Louis Cyr, kg massudos, pesado, gorducho, imenso na rea da cintura em forma de barril. Mas nos anos 20 surgiram homens como Sigmund Klein, que exibia um fsico com bela forma muscular, equilbrio e proporo, bem como pouca gordura corporal e extrema definio.

#pdfmermo Medias

Klein tornou-se muito influente como proprietrio de um ginsio e escritor sobre treino e nutrio. O seu corpo comparado com o de Cyr era completamenre diferente.

Louis Cyr, Sigmund Clein, John GrimekKlein, juntamente com Sandow e outros culturistas influentes como Macfadden, comearam gradualmente a convencer as pessoas de que a aparncia fsica de um homem – e no apenas sua habilidade para fazer proezas de fora – merecia ateno, porque o tipo de treino que produzia o corpo esttico e musculado tambm contribua para a sade geral.

Mas a poca em que o fsico masculino seria julgado puramente pelo princpio esttico foi ainda alguns anos depois. A fora desenvolvida pelo treino de pesos ainda era suspeita nos anos 30, como se os levantadores de peso no merecessem ser verdadeiramente chamados atletas.

Era quase considerado trapaa desenvolver o corpo a treinar num ginsio em vez de praticar uma variedade de modalidades.

enciclopdia arnold schwarzenegger –

Nas suas obras mais antigas, o falecido John Grimek, levantador de pesos olmpico que serviu de modelo a tantos culturistas, forneceu a informao de como musculacwo seus enclclopedia msculos foram desenvolvidos pelo levantamento de halteres.

Qualquer pessoa que visse o seu fsico na praia teria percebido que no foi a fazer natao ou plo aqutico que se poderia atingir um desenvolvimento fsico como o dele. Entretanto, a tradio da competio fsica continuou, e, no final dos anos 30, shows ocasionais reuniram pugilistas, ginastas, nadadores, levantadores de peso e outros atletas. Esses competidores tinham de desempenhar algum tipo de faanha atltica alm de exibir os seus corpos, e nessa altura era comum os levantadores de peso da poca serem capazes de realizar diversos movimentos de ginstica.

Emas muscculacao comearam a mudar. O vencedor foi Ronald Essmaker. Os participantes ainda no eram culturistas experientes, mas provinham de todos os tipos de formao atltica e posaram musfulacao vrias roupas, desde cales de pugilista a tangas. Mas, medida dee se dava mais e mais nfase aparncia fsica, os levantadores de peso comearam a desfrutar de uma vantagem distinta. O levantamento de peso mudava os contornos do corpo mais do que qualquer outro tipo fisiculurismo treino, o que causava uma impresso forte e cada vez mais favorvel nos juzes.

  GURMUKHI PRIMER PDF

Ema AAU produziu o primeiro evento realmente moderno de culturismo. O Mister Amrica desse ano e do seguinte foi John Grimek, que treinou primordialmente levantando pesos em ginsios. Isso mesmo fez saber a todos os que queriam competir contra ele e que deveriam seguir um programa de treino similar.

Grimek tambm acabou com a ideia errada de que os homens que treinavam com fisiculturismk eram pouco flexiveis e incapazes de desempenhar uma boa prestao atltica. Durante exibies era capaz de ficar em palco a fazer levantamentos e poses que envolviam um grau extraordinrio de fora, flexibilidade e coordenao. O Fsico de Clarence “Clancy” Ross no pareceria desadequado em qualquer palco de hoje – ombros largosgrande dorsal alargado, cintura fina, bons gmeos e abdominais.

Nessa poca, a distino entre levantar pesos puramente pela fora e treinar com pesos para dar forma e proporo ao corpo foi claramente feita. O fsico dos culturistas, ao contrrio de outros tipos de desenvolvimento muscular, era agora reconhecido como enciclkpedia nico. Contudo, culturismo continuava ainda a ser um desporto obscuro. Steve ReevesPara a generalidade do pblico dos anos 50 – com excepo do duradouro Charles Atlas – apenas existiu um culturista famoso: Nenhum campeo era conhecido pelo pblico em geral at Steve Reeves aparecer.

Reeves foi o homem certo no lugar certo e fnciclopedia hora certa.

Ele era bonito, atraente e tinha um fsico magnfico. Veteranos da era Muscle Beach Musclc Beach, hoje localizada em Venice, Califrnia, era aquela rea da Praia de Santa Mnica onde os culturistas se reuniam no final dos anos 40 fiisculturismo incio dos 50 lembram como as multides costumavam seguir Reeves quando ele caminhava pela praia, e como as pessoas que no sabiam nada sobre ele simplesmente paravam e o encaravam, apavoradas. At quela data, provvel que nenhum ser humano da histria tenha alguma vez atingido o nvel de desenvolvimento de homems como Grimek, Ross e Reeves.

Enciclopédia De Fisiculturismo E Musculação – Arnold Schwarzenegger, Bill Dobbins – Google Books

Devido ao facto de terem treinado mais arduamente e metodologicamente do que ningum at altura. Foram pioneiros e os seus feitos inditos. As noticias espalhavam-se e comearam a aparecer cada vez mais e maiores culturistas durante todo o ano Bill Pearl, Chuck Sipes, Jack Delinger, George Eiferman e Reg Park sao expoentes desta altura.

Reg Park foi o grande campeo a emergir quando Reeves abandonou as competies para seguir carreira no cinema. Nesse ponto, todos reconheciam que Reg estava muito acima de todos os outros atletas.

Dominou o cenrio da musculao por duas dcadas. Universo e Arnold o de Mr. Universo Amador Avancei Arnold Schwarzenegger pela primeira vez no cenrio internacional do culturismo em Nessa poca, a maioria dos culturistas de elite sobre os quais lia em revistas da especialidade moravam e treinavam na Califrnia. Havia obviamente concorrentes ameaadores por perto fiaiculturismo Frank Zane, um homem que se preparava to intensamente para uma competio como ningum; o meu grande amigo Franco Columbu, que passou de grande levantador de potncia a Mister Olympia praticamente por absoluta determinao de vontade; e, claro, Srgio Oliva.

Enciclopédia de Fisiculturismo e Musculação Arnold Schwarzenegger

Sergio OlivaSempre que se discute qual o melhor culturista de todos os tempos, o nome Srgio Oliva surge inevitavelmente. Ele e eu tivemos alguns confrontos inacreditveis em palco. A nica maneira de poder super-lo era estar perfeita e absolutamente em forma – massivo, denso e definido – e depois no cometer nenhum erro em palco.

O Srgio era to bom que poderia vencer-te no vestirio se fisiculturiso fosses cuidadoso. A sua camisa abria-se, e l estava aquela massa incrvel.

Ele paralisava com o olhar, respirava com uma espcie de grunhido animal, e de repente o seu grande enciclopeddia comeava a alargar-se Embora eu estivesse a lutar por ttulos na Europa, estava bastante bem informado sobre as competies nos Estados Unidos.

Larry Scott j tinha vencido as duas primeiras competies do Mister Olympia, e eu sabia que eventualmente teria de superar Larry e outras vedetas da altura como Chuck Sipes. Um culturista que tambm me impressionava, no apenas por causa do seu excelente fsico, mas tambm pela imagem que era capaz de criar era Dave Draper.

Dave DraperDraper representava o culturisra californiano clssico – grande, louro e bronzeado, com um ar atraente e um sorriso cativante.